terça-feira, 29 de novembro de 2011

Duvida























"A Vida.

Contagem regressiva para a morte.

A Sorte.

Passiva ainda duvida."


Rafael Burgath

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

DESPIDO

DESPIDO

Caiu o pano
E foi pra casa despido
Sem papel
Pra escrever o ocorrido
A quarta parede
É só ruinas sem sentido
E sem ter tido razão
A rotunda não escondeu o branco
Do texto não dito
E Benedito
Que queria se chamar Téspis
Passou no teste
E foi ser ator
No palco da vida
No foco da dúvida
No proscênio da dor


Rafael Burgath 18/08/11

quinta-feira, 16 de junho de 2011

É assim que eu tô...

É ASSIM QUE EU Tô.( E, E7, Am, Am7, G, F, G )

MEU PAI ME DIZIA, FILHO SEJA HONESTO.
MINHA MÃE SEMPRE FALAVA FILHO SEJA CORRETO
MINHA VÓ ACHAVA QUE MEU NOME DEVERIA SER ERNESTO
E MEU IRMÃO AFIRMAVA QUE O CHE ERA UM GAÚCHO FUNESTO
MAS DE RESTO EM RESTO FUI SER ARTISTA SEM TETO
SEM PALCO SEM TEATRO, MAS COM O PAPO RETO.
HOJE SOU FILHO, NÃO SOU PAI E JÁ FUI NETO.
E NOTO QUE SER ARTISTA É SER UM ETERNO FETO.
TEM QUE SE EVOLUIR, CRESCER, E TUDO TEM QUE DAR CERTO
SORTE É COM ELA QUE ME INQUIETO
E O AZAR É ALGO QUE INVERTO
E TENTO SER O QUE EU PRÓPRIO, ME INVENTO.

HAJA, FORÇA NESSE INTENTO
E SENTO, ESPERANDO QUE A FAVOR SOPRE O VENTO.
NÃO PRECISA SER RÁPIDO, PODE SER LENTO.
DESDE QUE TUDO SEJA A CONTENTO.

RAFAEL BURGATH 16/06/2011

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

HELL

video

ILUMINAÇÃO DO ESPETÁCULO: BETO BRUEL

OPERADOR DE LUZ E ASSISTENTE DE ILUMINAÇÃO: RAFAEL BURGATH

ILUMINAÇÃO DO VÍDEO: RAFAEL BURGATH

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

o óbvio





AS VEZES É BOM SE PERDER NO ÓBVIO

NO CAMINHO DE VOLTA PRA CASA.


RAFAEL BURGATH